quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Hello Archie! by Margaret Sherry

O nosso post de hoje está cheio de fofura, com Archie e seu amigo Spot em ponto cruz. A talentosa artista que os criou, Margaret Sherry, é conhecida pelo extraordinário talento em dar vidas a animais da maneira mais fofa possível. Em nosso Blog traremos vários gráficos com sua assinatura em posts semanais!



























Todas as imagens foram encontradas na internet, portanto todos os créditos são dos blogs em que os nomes aprecem nas imagens :)
Obs: para uma resolução mais clara clique com o segundo botão do mouse, aperte em visualizar em nova aba.

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Calendário em ponto cruz

Boa noite arteiros e arteiras, como foi o natal ? Espero que tenha sido com muita luz e amor :)
Com o próximo ano se aproximado, trago hoje um lindo calendário super fofinho de bichinhos para alegrar a sua casa!!!













Todas as imagens foram encontradas na internet, portanto todos os créditos são dos blogs em que os nomes aprecem nas imagens :)
Obs: para uma resolução mais clara clique com o segundo botão do mouse, aperte em visualizar em nova aba.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Bonecas Kokeshi em Ponto Cruz - Parte 02













Todas as imagens foram encontradas na internet, portanto todos os créditos são dos blogs em que os nomes aprecem nas imagens :)
Obs: para uma resolução mais clara clique com o segundo botão do mouse, aperte em visualizar em nova aba.

Bonecas Kokeshi em Ponto Cruz - Parte 01

Kokeshi (em japonês 小芥子 ou こけし) são bonecas japonesas, originárias do norte do país. Elas são manufaturadas em madeira, possuindo um tronco simples e uma grande cabeça, pintadas com finas linhas para delinear o rosto. Seu corpo tem desenhos florais, pintados sobre fundo vermelhopreto, e algumas vezes amarelo, envernizadas por uma camada de cera. Uma marcante característica das Kokeshi é a ausência de braços e pernas.
As Kokeshi foram produzidas inicialmente pelos Kiji-shi (artesãos da madeira), em Shinchi, em Tagata (Miyagi), de onde a técnica se espalhou para outras áreas das estâncias termais da região de Tohoku. Diz-se que estas bonecas foram feitas originalmente em meados do período Edo (entre 1600-1868) para serem vendidas como souvenires aos visitantes das fontes termais do nordeste do Japão.
A madeira usada para a confecção das Kokeshi varia. Para um tom mais escuro, é usada a cerejeira e as Cornus para tons suaves. O Itaya-kaede, espécie de bordo japonês, também é usado. Tanto para a escultura das formas tradicionais como criativas, a madeira é colocada ao ar livre para descansar durante um a cinco anos, antes de poder ser usada.
Os japoneses, especialmente da Ilha de Okinawa adotaram o costume de usar a boneca em cerimônias de enterro ou crematório de seus entes queridos. Crianças com morte pré-matura, ou antes de completar os 12 meses de idade teriam sua alma fixada nas tradicionais bonecas, para que não se sentissem perdidas na situação além morte. Os familiares mantém a boneca sobre as lápides ou em casa quando o corpo é cremado. É tradição adotar bonecas "abandonadas" com a justificativa de boa sorte no lar. Algumas versões dão que, embora o nome oficial da Kokeshi seja "小芥子", sua verdadeira denominação original seria "子消し", significando "crianças perdidas". Sob a justificativa de alegrar o espírito da criança que está retido na boneca, é tradição oferecer frutas, doces, brinquedos e origami mensalmente no dia da morte da criança, evitando assim azar ou maldição.





Todas as imagens foram encontradas na internet, portanto todos os créditos são dos blogs em que os nomes aprecem nas imagens :)
Obs: para uma resolução mais clara clique com o segundo botão do mouse, aperte em visualizar em nova aba.